Diferente da maioria dos filmes “musicais”, principalmente no que se refere ao Metal, o filme Metalhead (Málmhaus) quebra os paradigmas de “baixa produção” e traz um drama rico em narrativa e fotografia, além de uma trilha sonora incrível claro.

Metalhead 6a

Metalhead 5

Ragnar Bragason, escreveu e dirigiu Metalhead, ele que é fã confesso de filmes independentes e artesanais, deixou isso transparecer de forma positiva no filme que foi nominado em vários festivais de cinema e vencedor de 8 premiações.

vlcsnap-2015-03-18-20h09m16s221

vlcsnap-2015-03-18-20h13m02s166

Antes de mais nada, saca só o trailer:

O filme reforça o ditado de não julgar pelas aparências, seja no drama vivenciado na tela, seja na temática e estética escolhida pelo diretor. Prova disso são os Efeitos Visuais do filme, feitos por ninguém menos que Dadi Einarsoon que já trabalhou em grandes produções como Gravidade, Harry Potter, Fúria de Titãs e outros e também por Gísli Þórólfsson.

Confira o Breakdown do Vfx:

Feito com Blender (software open pra quem não sabe), reforça o estilo independente de se fazer filmes. Com Vfx muito bem elaborado, conseguiu transmitir a ideia de contraste (correção de cor) entre o clima nevado da Islândia e a “negritude” do metal.

thora-bjorg-helga

Metalhead 9

Confesso que quando assisti o filme não percebi tantos efeitos visuais, a maioria pensei ser efeito especial (prático), como em algumas cenas abaixo:

De modo geral o visual do filme também conseguiu expressar contraste (composição) entre as tradições familiares e movimentos de quebra de cultura com alguns elementos de cena bem interessantes.

MH_STILLS__1.518

12239374_10204737011856796_2437715100489267488_o

É m excelente filme sob vários aspectos, recomendadíssimo!